Novo PREDADOR chega em 2018!

predador_blog

“O Predador” (Predator, 1987) era um dos filmes mais loucos que passavam na TV durante a minha infância. Arnold Schwarzeneger (naquela época mais famoso do que nunca, quando Exterminador do Futuro 2 de James Cameron estava em cartaz nos cinemas) lutava contra esse alienígena estranho que ficava invisível e encontrava qualquer pessoa com sua visão infravermelha. Quando conseguia caçar suas vítimas, arrancava o couro e os pendurava em carne viva por prazer. O personagem “Dutch”, interpretado pelo Schwarza, precisava usar a inteligência mais do que os músculos; sendo assim, ele mergulhou na lama fria da floresta para ocultar a temperatura de seu corpo e conseguiu enganar o extraterrestre, explodindo ele pelos ares. Simplesmente genial.

mpxq5htj2483l9fuqfbnmxuzahb

O mais genial foi que, em uma produção que envolveu consideravelmente pouco dinheiro, conseguiram escrever uma ótima história que envolvia ação, terror e ficção científica, se tornando uma das franquias mais peculiares até hoje. Para completar, nenhum dos filmes produzidos após o primeiro foram sequências repetitivas: o “Dutch” não apareceu mais, dando abertura a um filme urbano em Predador 2 (Predator 2, 1990), com Danny Glover de Máquina Mortífera no papel principal, e, muitos anos depois, à inteligente retomada de Nimród Antal (de “Temos Vagas”) com “Predadores” (2010), história que se passa no planeta dos alienígenas e tem Adrien Brody como carro chefe. Em suma, é um universo de histórias fechadas que confere certa liberdade aos roteiristas envolvidos e que tem, como único aspecto reincidente, a criatura: O Predador.

O NOVO FILME

A notícia de que um novo filme da franquia estava encaminhado veio à tona em meados de 2014, quando a Fox contratou Shane Black para produzir o roteiro de um quarto filme (Diretor de Homem de Ferro 3, Dois Caras Legais, roteirista do primeiro Máquina Mortífera e do ótimo porém esquecido Despertar de um Pesadelo, de 1996). Shane se uniu a Fredd Dekker de “A Noite dos Arrepios” (Night of the Creeps, 1986), retomando a parceria que deu certo em “Deu a Louca nos Monstros” (The Monster Squad, 1987), um clássico oitentista que homenageia os monstros da era de ouro da Universal; mas, desta vez, a direção ficará por conta de Shane Black. De lá pra cá, um roteiro foi entregue e as filmagens já começaram em Vancouver, no Canadá.

O que se pode dizer sobre a nova produção é, primeiramente, a confirmação de que o filme ganhará uma censura R (Rated R) que, para o sistema americano de censura estabelecido pela MPAA (Motion Picture Association of America), define que menores de 17 anos deverão ser acompanhados por adultos para a entrada nos cinemas. É uma notícia boa, visto que garante uma boa dose de GORE a caminho. O Predador tem muito couro a arrancar. Também, o filme não irá se chamar “Predator 4”, como se esperava, mas sim “The Predator”, simplesmente “O Predador”. Isso gerou rumores de que se trataria de um remake (refilmagem) ou de um reboot (zerar os contadores e iniciar a história toda novamente). Mas não é nada disso – na verdade, Shane Black já confirmou que a ideia é que a história faça parte do universo já criado, e que funcione como uma sequência do original. Porém (apesar de ter almoçado com Schwarzeneger e discutido alguma proposta), não há previsão de que o “Dutch” apareça. Enquanto isso, o rapper 50 Cent andou afirmando sua participação no filme e já foi revelado que o nome do personagem principal nessa nova história será “Quinn McKenna” – havendo rumores de que quem esterá no papel seja Benício del Toro (ATUALIZAÇÃO: Del Toro declinou a proposta devido a conflitos com sua agenda, e o rumor da vez é o ator Boyd Holbrook).

E qual é a previsão de lançamento? A data determinada pela Fox atualmente é 9 de fevereiro de 2018, quando veremos o resultado desse retorno às telas. Uma boa franquia, nas mãos de uma boa dupla de escritores e diretores. A expectativa é grande: Inclusive porque a Fox informou de antemão – ainda durante o contrato de 2014 – que a ideia era investir ainda mais do que o dinheiro aplicado no “Predadores” de Nimród Antal (que já teve uma produção muito boa com seus aproximadamente 40 milhões de dólares, convenhamos). É um Blockbuster da franquia a caminho, e por isso mesmo a torcida é grande. Robert Rodriguez, produtor de “Predadores”, escreveu um roteiro para um filme do Predador que se passaria no século 17 em um navio onde os tripulantes teriam que lutar contra o alienígena com tecnologia muito inferior – mas foi rejeitado porque seu custo de produção chegaria a 150 milhões de dólares. No curta-metragem (25min) independente de 2015 chamado “Predator Dark Ages”, produzido por James Bushe, uma trip com cavaleiros templários coloca os dois pés na ideia base de Rodriguez. No entanto, o que interessa saber aqui é: em um mundo onde Titanic custou 200 milhões, será que a Fox está pronta para investir pelo menos os 150 que negou a Rodriguez em um filme de ação, horror e sci-fi com classificação R? Esperamos que, desta vez, sim!

 Saul Mendez Filho para o Gore Bahia, 07/10/2016

1 Comentário

  1. […] para a direção e roteiro. A previsão é que, em 2018, não só tenhamos um novo filme do PREDADOR, como também um universo de heróis que lidam com magia, demônios e toda aquela macumba que os […]

    Curtir


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Manda uma ideia aí:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Follow GORE BAHIA on WordPress.com
  • Facebook

  • Instagram

    A gravata do Lloyd Kaufman não nega: Ele é fã do GoreBahia. Só não é esse fã todo do Lars Von Trier e seu Dogma 95! Muitas reflexões sobre fazer cinema no Brasil e o jeito Kaufman de fazer, sem dinheiro estatal! www.gorebahia.com link na bio.

#cinema #brasil #troma #lloydkaufman #dogma95 #larsvontrier Conheça CANIBAIS ( #TheGreenInferno ), o filme do diretor de O Albergue que demorou quase três anos pra ser lançado e nunca chegou no Brasil. www.gorebahia.com Link na bio. #cinema #horror #EliRoth Redescubra Black Mirror com suas referências analisadas detalhadamente, com atenção especial aos diretores de cada episódio em www.gorebahia.com, link clicável na Bio. #netflix #blackmirror #charliebrooker #twilightzone O minimalismo gótico de Oz Perkins e seus fantasmas chegou ao GoreBahia. Um dos representantes mais afiados do cinema moderno de horror americano, cujo trabalho mais recente pode ser visto no Netflix, e sobre o qual você pode saber tudo antes em www.gorebahia.com - Link clicável na bio. 
#cinema #ozperkins #horror #february #netflix #IAmThePrettyThingThatLivesInTheHouse #OUltimoCapitulo #TheBlackcoatsDaughter Começando a semana com uma extensa lista de filmes e muito trabalho pela frente! Como dizia #jacktheripper, vamos por partes... #colors #gore #horror #cinema O vizinho desse filme é um cara gente boa. Recomendadíssimo suspense da dupla Marcus Dunstan e Patrick Melton, o veredito em www.gorebahia.com - link clicável na bio. #horror #cinema #suspense #theneighbor
  • Twitter